Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 15 de maio de 2010

A MISSÃO DE JESUS É A MISSÃO DO CRISTÃO

Mateus Feliciano

Coordenador SEARA URBANA

Jesus veio para salvar a humanidade da condenação do inferno através da sua morte e ressurreição e deixou uma missão que está expressa em Mt. 28, que é: “ Indo e fazer discípulos...” Esta missão Ele deixou para todos aqueles que nEle acreditassem e seguissem o exemplo de suas obras.

Os fariseus tinha muitos defeitos e entre alguns deles, estava o de fazer as obras sem ter o coração nelas, apenas fazendo por ser lei. E creio que Deus, desde o antigo testamento quer que seus servos O servissem não por obrigação, mas por amor e de todo coração. A missão que Jesus deixou aos seus seguidores deve ser feita da mesma forma, com paixão por ela. Não se deve encarar a obra missionária como uma ordem a ser cumprida, mas como um exemplo a ser seguido. Jesus deixou suficientes exemplos de como amar o próximo, viver em santidade, meditar nas escrituras e orar ao Pai, para que naturalmente, o evangelismo e missões seja um fruto espontâneo de um coração que ama a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

Alguns Cristãos entendem que fazer missões e evangelismo está mais relacionado a uma obra, um serviço, uma ação isolada em momentos pré determinados, em locais pré estabelecidos. Pode ser feito também desta forma, mas não é somente isto. A obra missionária é uma missão que deve ser vivida no cotidiano do Cristão. Evangelismo é o exemplo de Cristo em como amar as pessoas em todas as situações em que se vive em relacionamento com as pessoas.

Missões e evangelismo é querer viver toda a sua vida para continuar o que Cristo fazia quando estava conosco, sem abdicar dos dons que Deus dá a cada filho dEle. Deus dá para cada Cristão um dom para ser posto a serviço do reino de Deus. O dom é desenvolvido e aperfeiçoado através de toda uma vida em comunhão, intimidade e direção de Deus. O dom é dado por Deus através do Espírito Santo para que se tenha a capacitação de poder desenvolver o que um ser humano com suas limitações e pecado jamais poderia fazer com suas próprias forças e conhecimento.

A obra missionária e evangelização deve se despir de alguns interesses que prejudicam o compartilhar da vida de Cristo para aqueles que não O tem em suas vidas. Primeiramente, o interesse não deve ser somente que a pessoa faça a decisão por Cristo e o mensageiro se satisfaça com isso. É necessário um acompanhamento e discipulado daquele que entendeu e quer ter uma vida com Jesus. Deve-se seguir as orientações que Jesus deixou na grande comissão: fazer discípulos, pois desta forma fica completo o ato de discipular que não é somente anunciar, mas acompanhar. Cada Cristão tem um função diferente no reino e nesta tarefa cabe a cada um descobrir o seu papel.

Jesus deixou o exemplo também de que se deve ter o interesse por toda a vida de uma pessoa e não somente pela alma do próximo. Na história onde Jesus cura 10 leprosos, há uma lição a se aprender. Jesus já sabia que somente um dos leprosos iria reconhecer o Cristo, mas Ele cura todos os 10 sabendo que a maioria não iria querer o principal, que era a salvação. O interesse do Cristão pelo próximo deve refletir este grande exemplo de Jesus. Tem que se estar sensível e atento às necessidades das pessoas independentes se elas estão interessadas no evangelho ou não. Mesmo porque o ser humano não tem o poder da conversão que é somente de Deus. A missão do Cristão é viver Cristo para que as pessoas possam querer ter a mesma vida do Cristão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente ae !!